Pesquisar este blog

domingo, 9 de setembro de 2012

Concreto Autoadensável


"O concreto autoadensável (CAA) apresenta grande fluidez, tendo como característica uma alta trabalhabilidade, ou seja, é um concreto muito plástico."

INTRODUÇÃO

O processo de globalização tem permitido a engenheiros, calculistas e construtores em geral tomar conhecimento das novidades em tipos de concretos que estão se propagando pelo mundo, como é o caso do concreto autoadensável.

O princípio fundamental para confecção de concretos fluidos e resistentes à segregação é o uso de aditivos superplastificantes e/ou modificadores de viscosidade, combinados com alto teor de finos, sejam eles cimento Portland, adições minerais, fíleres, e/ou areia fina.

DEFINIÇÃO

  • Concreto autoadensável (CAA) identifica uma categoria de concreto que pode ser moldado em fôrmas preenchendo cada espaço vazio através exclusivamente de seu peso próprio, não necessitando de qualquer tecnologia de compactação ou vibração externa e o envolvimento das barras de aço e outros obstáculos pelo material, exclusivamente através da ação da força gravitacional, mantendo uma adequada homogeneidade.
Para um concreto ser considerado autoadensável, deve apresentar três propriedades fundamentais: fluidez, coesão ou habilidade passante e resistência à segregação.

  • Fluidez é a capacidade do concreto autoadensável de fluir dentro e através da fôrma preenchendo todos os espaços;
  • Coesão ou habilidade passante é a capacidade de escoamento pela fôrma, passando por entre as armaduras sem obstrução do fluxo ou segregação;
  • Resistência à segregação é a propriedade que caracteriza a capacidade do concreto em se manter coeso ou fluir dentro das fôrmas, passando ou não através de obstáculos.


DOSAGEM E MATERIAS UTILIZADOS NO CAA

Assim como outros concretos especiais, como, por exemplo, o concreto de alto desempenho, o CAA é um material referenciado como uma evolução tecnológica dos concretos tradicionais, fruto da pesquisa aplicada e resultado da introdução conjunta, no elenco das matérias primas básicas do concreto, de adições minerais, adições de fílers e aditivos químicos.

O desenvolvimento destes materiais, principalmente com a descoberta da extraordinária ação de dispersão dos aditivos superplastificantes e a ação coesiva dos modificadores de viscosidade tem impulsionado esta tecnologia.

Os materiais utilizados para produção de CAA são, em teoria, os mesmos utilizados para a produção de concretos convencionais, porém com maior adição de finos, quer sejam adições minerais ou fíleres e de aditivos plastificantes e superplastificantes e por vezes, aditivos modificadores de viscosidade.

O objetivo de qualquer método de dosagem é determinar a combinação adequada e econômica dos constituintes do concreto com vistas a produzir um concreto que possa estar próximo daquele que consiga um equilíbrio entre as várias propriedades desejadas ao menor custo possível.

VANTAGENS

O concreto autoadensável vem sendo caracterizado como uma grande revolução na tecnologia do concreto para a construção civil, possibilitando vários ganhos, diretos e indiretos para o mercado da construção, dentre os principais cita-se:

  • Redução do custo de aplicação por m³ de concreto;
  • Garantia de excelente acabamento em concreto aparente;
  • Permissão de bombeamento em grandes distâncias horizontais e verticais com maior velocidade;
  • Otimização de mão-de-obra;
  • Maior rapidez de execução da obra;
  • Melhoria nas condições de segurança na obra;
  • Eliminação do ruído provocado pelo vibrador;
  • Significativa redução nas atividades de espalhamento e de vibração;
  • Permissão da concretagem sem adensamento em regiões com grande densidade de armadura;
  • Aumento das possibilidades de trabalho com fôrmas de pequenas dimensões;
  • Redução do custo final da obra em comparação ao sistema de concretagem convencional;
  • Aceleração do lançamento do concreto na estrutura, permitindo concretagens mais rápidas;
  • Redução da mão-de-obra no canteiro;
  • Melhoria do acabamento superficial;
  • Aumento da durabilidade devido à redução de defeitos de concretagem;

 A elevada resistência à segregação aliada à fluidez apresentada pelo CAA permite ainda a eliminação de defeitos macro, bolhas de ar e falhas de concretagens, que são diretamente responsáveis pelas perdas no desempenho mecânico do concreto e na durabilidade da estrutura.

APLICAÇÕES

O concreto autoadensável é indicado para utilização em obras convencionais onde se quer maior velocidade de concretagem, redução de custos e melhor qualidade do concreto. Também em casos específicos a sua utilização é recomendada como, por exemplo:

  • Lajes de pequena espessura ou lajes nervuradas;
  • Fundações executadas por hélice contínua;
  • Paredes, vigas, colunas;
  • Parede diafragma;
  • Estações de tratamento de água e esgoto;
  • Reservatórios de águas e piscinas;
  • Pisos, contrapisos, lajes, pilares, muros, painéis;
  • Obras com acabamento em concreto aparente;
  • Locais de difícil acesso;
  • Peças pequenas, com muitos detalhes ou com formato não convencional onde seja difícil a utilização de vibradores;
  • Fôrmas com grande concentração de ferragens.
 ___________________________________________________________________

Este vídeo mostra uma forma de aplicação do concreto autoadensável feito pela Realmix Concreto em Goiânia (Goiás)
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário