Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 26 de julho de 2011

INFORMÁTICA



Com a informática, o mundo está em suas mãos.

"RECAPITULANDO... No módulo introdutório, apresentei o universo da Engenharia Civil de uma forma simples e fundamental. Defini o que é Engenharia Civil, falei da função do engenheiro, suas obrigações e suas tarefas. Apresentei um vídeo bastante importante e propus um exercício de modo evolutivo.
Agora, vou radicalizar mais o assunto de Engenharia Civil, no módulo intermediário, que vai da Informática à Geologia. Bom, espero que acompanhem desde o início a minha proposta para Edificações"Alex Silva.

Introdução

A informática genérica atingiu eficientemente todas as atividades da sociedade, oferecendo o computador como um eletrodoméstico corriqueiro envolto em uma parafernália tecnológica ofuscante, que precisa ser devidamente desmistificada; a máquina também precisa ser incorporada pelo engenheiro ao seu cotidiano como meio de comunicação eficaz e multidimensional em que se tornou.

O aluno deve perceber que o desenvolvimento de suas ferramentas de trabalho é coisa tangível, dependendo do nível de interesse com que se debruça neste campo do conhecimento (informática + métodos numéricos para engenharia). Mais ainda, que o papel do computador é de apoio ao trabalho do engenheiro, que deve dominar o campo matemático das soluções, das técnicas e bases científicas da computação para, com este domínio, construir a percepção da correta ponderação entre os elementos que concorrem em cada situação (problema, método de solução, qualidade da ferramenta, efetividade e eficácia no seu uso).

A automatização de procedimentos, o controle administrativo sobre pessoas e materiais diversos e, ainda, a possibilidade da execução de cálculos rotineiros de forma mais precisa, foram os grandes motivadores do aprendizado no uso de computadores.

O aspecto da computação e da programação como meios de gerar modelos simbólicos de representação de problemas reais é mais uma vez destacado, ressaltando-se a importância da
lógica e do planejamento de qualquer sistema, por mais simples que ele possa parecer.

Ao longo do curso, mais em contato com os desafios tecnológicos de sua habilitação, o estudante toma contato com um ferramental computacional especializado, hoje também muito sofisticado na interface gráfica e na organização da base de dados que o sustenta. Nesta fase, o aprendizado gira em torno dos métodos matemático-numéricos que compõem o arsenal analítico de apoio à engenharia moderna, que permitem ao profissional tratar problemas por meio da modelação matemática e da simulação de soluções com o auxílio do computador.

 Modelos matemáticos

 Métodos numéricos e computacionais – podem ser aplicados nas diferentes áreas da  
Engenharia, tais como: Desenvolvimento e aplicação de Métodos Finitos (MEF), Métodos de
Elementos de Contorno (MEC), que podem ser utilizados na resolução de problemas de acústica, elastodinâmica, interação fluído-estrutura, interação solo estrutura, mecânica de fratura e otimização;

. Métodos estatísticos – são processos usados para obter, apresentar e analisar
características ou valores numéricos para uma melhor tomada de decisão em situações de incerteza (método descritivo e método de probabilidade); Resolução de sistemas de equações lineares;

. Decomposição de Gauss;

. Resolução de funções matemáticas e trigonométricas;

. Integração de equações diferenciais a uma variável com condições iniciais;

. Métodos de resolução de Polinômios de Newton;

. Solução de equações diferenciais de primeira ordem (Método de Taylor, Método de Euler,
Método de Runge-Kutta);

. Métodos que utilizam polinômios interpoladores;

. Métodos para equações de segunda ordem (Integração numérica, Integração com pontos
igualmente espaçados);

. Integração numérica usando Integração de Gauss-Legendre;

O potencial da informática para uso profissional é um problema aberto, sem solução única e em constante evolução. E isto exige senso criativo, desenvolvida capacidade para formular e equacionar matematicamente problemas da engenharia e, ainda competência na programação desses métodos em modelos computacionais de solução.

Por que utilizar a Microsoft Excel?

A Microsoft Excel é acessível a uma variedade de sistemas operacionais de computadores pessoais. Excel é uma aplicação que permite a realização de um conjunto muito variado de tarefas, desde as mais simples aos mais complicados cálculos, nomeadamente no domínio da engenharia. A manipulação de dados, para além da realização de cálculos, permite a criação de relatórios, geração de gráficos, bem como a sua integração noutras aplicações, como por exemplo, processadores de texto. Na área de gráficos, o usuário tem uma gama muito grande de tipos e subtipos de gráficos que podem ser criados, analisados e alterados de acordo com as necessidades do momento.
______________________________________________________________________________

O vídeo foi feito pelo Colégio de Engenharia Informática da Ordem dos Engenheiros, bastante interessante. Vale a pena assistir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário